Como era a igreja no período barroco?

Como eram as igrejas no período barroco brasileiro?

Resposta:Assim, nas igrejas barrocas os altares e os púlpitos eram decorados com extravagância, recobertos por espirais, flores, monstros e anjinhos de cabelos encaracolados. Como se isso não bastasse, boa parte do interior delas era folheado a ouro, aproveitando a abundância do mineral no país.
Em cache

Como a igreja usou a arte barroca?

A conexão entre a arte barroca e religião

Assim como para a igreja católica, que fez uso do estilo como um mediador entre o mundano e o divino, atuando em defesa da fé cristã. Tanto a arte quanto a religião eram vistos como meios que guiavam o fiel para estados de espírito semelhantes.
Em cache

Qual era o papel da Igreja Católica nas produções artísticas durante o período do barroco?

Os vestígios do catolicismo refletiam claramente nas produções do período, na arquitetura, nas artes plásticas e na literatura. Várias igrejas e capelas foram construídas, estátuas de santos foram esculpidas, monumentos foram erguidos, passagens bíblicas foram pintadas.

Como era a arquitetura barroca nas igrejas?

Principais características da arquitetura barroca

A exaltação da Igreja também é feita por meio de muitos ornamentos, de uma decoração extravagante que traz a ideia de grandiosidade, poder e riqueza. O barroco é ousado e as irregularidades de proporção são comuns nesse estilo.
Em cache

Quais são as igrejas barrocas?

5 construções de arquitetura barroca no Brasil

  • Igreja de São Miguel — Rio Grande do Sul.
  • Igreja de Santo Antônio — Bahia.
  • Basílica e Convento de Nossa Senhora do Carmo — Pernambuco.
  • Igreja de São Francisco de Assis — Minas Gerais.
  • Obras do mestre Aleijadinho — Minas Gerais.

Qual a influência da igreja no Barroco no Brasil?

A igreja já patrocinava artistas na decoração de templos e produção de ornamentos, mas, a partir do período barroco, essa intenção de fortalecimento e a necessidade de afirmação de seus preceitos cresceram, fazendo com que crescessem também os incentivos destinados aos artistas para que trabalhassem com essa intenção.

Qual foi a primeira igreja barroca?

igreja Gesù

A igreja Gesù (foto no topo da página) foi a primeira de estilo barroco, construída em Roma por um dos mais importantes arquitetos italianos: Giacomo della Porta, entre 1571 e 1575, e pertencia à Companhia de Jesus.

O que é uma igreja barroca?

A construção de templos ricamente ornamentados e com formas exuberantes contrastava com a simplicidade do estilo renascentista, que reinava até então. Assim, nas igrejas barrocas os altares e os púlpitos eram decorados com extravagância, recobertos por espirais, flores, monstros e anjinhos de cabelos encaracolados.

Como a religiosidade está presente no barroco?

Assim, a influência religiosa foi marcante na formação dos autores barrocos. Porém, em oposição (ou como consequência) a essa religiosidade, havia também um forte apelo aos prazeres sensoriais, um desejo de se entregar à mundanidade. Portanto, essa época ficou marcada pela oposição e pelo conflito.

Quais são as principais características do estilo barroco?

As principais características do Barroco

Valorização do detalhe; Dualismo e contradições; Obscuridade, complexidade e sensualismo; Barroco literário: cultismo e conceptismo.

Quais são as características do barroco?

As principais características do Barroco

  • Arte rebuscada e exagerada;
  • Valorização do detalhe;
  • Dualismo e contradições;
  • Obscuridade, complexidade e sensualismo;
  • Barroco literário: cultismo e conceptismo.

O que foi o barroco e suas características?

Características do Barroco

O Barroco é um estilo de época marcado pela oposição e pelo conflito, o que acaba revelando uma forte angústia existencial. Dessa forma, as obras literárias dessa época apresentam visões opostas (aproximação de opostos), tais como: Antropocentrismo versus teocentrismo. Sagrado versus profano.

Qual a consequência do Barroco para a igreja?

A arquitetura barroca integrava o movimento de contrarreforma da Igreja Católica na arte. Entre os objetivos do movimento estava o transporte do observador para a cena demonstrada. É por isso que a arquitetura barroca é observada principalmente em igrejas, catedrais e monastérios.

Como a religiosidade está presente no Barroco?

Assim, a influência religiosa foi marcante na formação dos autores barrocos. Porém, em oposição (ou como consequência) a essa religiosidade, havia também um forte apelo aos prazeres sensoriais, um desejo de se entregar à mundanidade. Portanto, essa época ficou marcada pela oposição e pelo conflito.

O que o barroco defende?

As manifestações artísticas consideradas barrocas foram produzidas principalmente no século XVII. O traço principal do estilo barroco é a tensão entre espírito e matéria, céu e terra, razão e emotividade, contenção e derramamento, cientificismo e religiosidade.

O que caracteriza o estilo barroco?

O Barroco é um estilo de época caracterizado pelo conflito e culto ao contraste.

Quais eram os movimentos religiosos do barroco?

Dois fatos históricos, no século XVI, foram de grande influência nas obras dos autores barrocos: a Reforma Protestante e a Contrarreforma. Essa última ocorreu como uma reação diante da perda de fiéis devido ao protestantismo (luteranismo e calvinismo).

O que valoriza o movimento barroco?

As obras dos artistas barrocos europeus valorizam as cores, as sombras e a luz, e representam os contrates. As imagens não são tão centralizadas quanto as renascentistas e aparecem de forma dinâmica, valorizando o movimento. Os temas principais são: mitologia, passagens da Bíblia e a história da humanidade.